SMART SUMMIT

Certificação em IA Generativa: Preparando Profissionais para o Potencial da Tecnologia

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

Quando o entusiasmo pela IA generativa cresceu, Fernando Matos, da DSPA, destacou a responsabilidade de promover sua adoção. A certificação em IA Generativa em Portugal é resultado de colaboração interna na DSPA com apoio da Microsoft, mas independente tecnicamente.

A iniciativa começou com a criação de conteúdos informativos sobre IA Generativa, evoluindo para uma certificação acessível a profissionais de diversas áreas, não se limitando aos da tecnologia. A DSPA já tinha um modelo de certificação para Data Science, buscando esclarecer conceitos e estabelecer padrões no campo da ciência de dados. 

A nova certificação em IA Generativa já está em funcionamento e aberta a todos interessados em aprofundar seus conhecimentos na área. A DSPA desenvolveu materiais informativos e questionários disponíveis na app DSPA Playbook para que os usuários possam testar seus conhecimentos antes do exame.

Variados temas abordados no exame de Certificação em IA Generativa

Os temas abordados nesta Certificação em IA Generativa incluem Learning Language Models, Prompt Engineering, Use Cases de IA Generativa em diversos setores, a ética da AI responsável e o impacto societal da IA Generativa.

O exame final consiste em 80 perguntas, com uma duração de 90 minutos. Tem um custo de 90 euros, com um desconto de 20% para os membros associados à DSPA.

Até o momento, 15 indivíduos concluíram com êxito o exame, dentre os 85 candidatos que deram início ao processo. 

Fernando Matos destaca que a certificação requer um compromisso significativo, envolvendo a consolidação de conhecimentos através de um rigoroso exame, ultrapassando a mera absorção de informações.

“COM A CERTIFICAÇÃO VAI SAIR UM PROFISSIONAL MAIS QUALIFICADO E QUE VAI TIRAR MAIS PARTIDO DA TECNOLOGIA” 

Fernando Matos, Data Science Portuguese Association 

Os interessados em aprofundar conhecimentos, podem obter certificações específicas em tecnologias, com diversos cursos online e programas acadêmicos em desenvolvimento disponíveis.

Embora Fernando Matos reconhece que essa certificação não terá validade internacional, já que a DSPA é uma associação sem fins lucrativos focada no ecossistema português.  

Em Portugal, na área da inteligência artificial, sobretudo na IA generativa, Matos nota uma desigualdade significativa no desenvolvimento entre organizações do mesmo setor.

Algumas estão na vanguarda global da tecnologia, enquanto outras estão apenas começando ou têm um conhecimento limitado, perdendo o potencial. 

Para ele, o maior desafio reside na falta de estruturação nas apostas das organizações, destacando a necessidade de uma reflexão profunda sobre como podem beneficiar da IA generativa. Ele compara essa tecnologia a uma “assistente pessoal com esteroides”, capaz de realizar muitas tarefas, mas seu sucesso depende de uma compreensão clara das necessidades específicas de cada empresa.

Fonte: Sapo TEK

Veja os meus outros artigos aqui.

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!