SMART SUMMIT

Google anuncia o Bard. A resposta ao ChatGPT

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

A Google está a desenvolver um concorrente do ChatGPT que, para já, só está à disposição de um grupo restrito de pessoas. 

Segundo várias fontes na internet, circulavam notícias que indicavam o anúncio da Google em resposta ao popular chatbot, desenvolvido pela OpenAI

Assim sendo, no dia 6 de Fevereiro, Sundar Pichai, o CEO da Alphabet e da Google, publicou um artigo no blogue da Google, que confirma o lançamento de um serviço chamado Bard, um “serviço de AI conversacional experimental”, que responde às perguntas dos utilizadores e que pode participar em conversas.

Contudo, só está disponível para um grupo restrito de pessoas que o está a desenvolver e testar, sendo disponibilizado ao público em poucas semanas. Embora exista pouca informação acerca das capacidades do Bard, o chatbot da Google vai funcionar de uma forma semelhante à do ChatGPT.

De acordo com uma imagem incluída no artigo, mostra a possibilidade de se fazerem perguntas acerca de assuntos triviais, como, por exemplo, que pratos se podem confecionar com os ingredientes que uma pessoa tem dentro do frigorífico. 

@Google

“Bard pode ser uma saída para criatividade e para despertar a curiosidade ajudando a explicar as novas descobertas do Telescópio Espacial James Webb da NASA a uma criança de 9 anos ou aprender mais sobre os melhores avançados do futebol do momento e, em seguida, obter exercícios para desenvolver as suas competências.”

Sundar Pichai

Urgente para a Google

Embora este anúncio, somando a falta de informação acerca das funcionalidades concretas acerca do Bard, são sinais de um sentimento de urgência dentro da Google, que fora espoletado pela subida meteórica de popularidade do ChatGPT, desde que foi lançado no ano passado. 

Porém, a tecnologia por trás do ChatGPT não é propriamente uma novidade absoluta. A decisão de disponibilizar o serviço ao público em geral trouxe esta tecnologia para a ordem do dia.

Apesar de a Google ser uma das empresas pioneiras no campo da Inteligência Artificial, tem sido um pouco mais cautelosa na disponibilização desta tecnologia ao público em geral.

A mesma já disponibilizou o modelo de linguagem LaMDA, que faz funcionar o Bard, através da app AI Test Kitchen. Contudo, possui muitas limitações e apenas permite fazer um pequeno conjunto de perguntas. 

Fonte: PC Guia

Veja os meus outros artigos aqui.

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!