SMART SUMMIT

Hotelaria: Hóspedes e dormidas atingiram máximos em Agosto

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

“O sector do alojamento turístico registou 3,4 milhões de hóspedes e 9,9 milhões de dormidas em Agosto de 2022, os valores mensais mais elevados desde que há registo, correspondendo a aumentos de 33,0% e 31,9%, respectivamente (+85,4% e +90,0% em Julho, pela mesma ordem). Face a Agosto de 2019, registaram-se aumentos de 1,2% e 2,8%, respectivamente – revelou hoje o INE

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, “Em agosto, o mercado interno contribuiu com 3,7 milhões de dormidas (-11,4%) e os mercados externos totalizaram 6,2 milhões (+86,9%). Face a Agosto de 2019, o mercado interno cresceu 8,2% e os mercados externos diminuíram 0,2%.

No conjunto dos primeiros oito meses de 2022, as dormidas aumentaram 133,8% (+33,7% nos residentes e +278,4% nos não residentes). Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas decresceram 3,0%, como consequência da diminuição das dormidas de não residentes (-7,7%), dado que as de residentes cresceram 7,7%.

Importante realçar, porém, que “Em Agosto, 11,8% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (18,6% em Agosto de 2021).

Principais mercados emissores aproximaram-se dos resultados de 2019

“O mercado britânico (17,7% do total das dormidas de não residentes em Agosto) – adianta o INE – aumentou 0,3% relativamente a Agosto de 2019”.

Face a Agosto de 2019, as dormidas de hóspedes espanhóis (17,6% do total) diminuíram 3,1% enquanto as dormidas de hóspedes franceses (12,9% do total) aumentaram 0,9%.

O mercado alemão (quota de 9,2%) aumentou 3,4% enquanto o mercado norte americano (quota de 5,7%) continuou a destacar-se (+28,3%) quando comparado com Agosto de 2019, tendo apenas sido ultrapassado pelo mercado checo (+51,1%).

Comparando com Agosto de 2019, evidenciaram-se também os crescimentos registados pelos mercados suíço (+25,9%), dinamarquês (+24,6%) e romeno (+24,2%). As maiores diminuições verificaram-se nos mercados brasileiro (-19,1%) e sueco (-9,8%).

Imagem de Destaque

Por regiões

Região Autónoma da Madeira e Norte foram as regiões com aumentos mais expressivos nas dormidas face a Agosto 2019”, prossegue a nota do INE, que adianata:

“Em agosto, registaram-se aumentos das dormidas em todas as regiões. O Algarve concentrou 32,2% das dormidas, seguindo-se a AM Lisboa (21,1%), o Norte (16,5%) e o Centro (11,6%).

Comparando com Agosto de 2019, apenas o Algarve registou um decréscimo (-7,1%). Os aumentos mais expressivos ocorreram na RA Madeira (+16,9%) e no Norte (+15,9%). Relativamente às dormidas de residentes, apenas na RA Açores e no Algarve decresceram (-3,6% e -2,8%, respectivamente), tendo-se observado o maior crescimento na RA Madeira (+53,3%), seguida do Norte (+14,4%) e Centro (+14,3%). As dormidas de não residentes aumentaram no Norte (+17,0%), RA Madeira (+9,3%) e RA Açores (+7,1%), tendo-se observado as maiores diminuições no Algarve (-9,4%) e Alentejo (-8,4%). Na AM Lisboa, a variação foi nula.

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!