SMART SUMMIT

Rooftop Grenery: a iniciativa de Singapura

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

Rooftop Grenery corresponde à criação de espaços verdes em superfícies de terraços. O projeto foi iniciado em Singapura como uma das medidas eleitas, a fim de tornar a cidade, ecologicamente, sustentável.

Onde podemos encontrar estes espaços?

Edifícios e Arranha-céus

O primeiro local onde podemos encontrar espaços verdes é na estrutura horizontal dos edifícios pelas ruas de Singapura e nos terraços dos arranha-céus. Ambos foram as primeiras zonas onde se implementou o sistema de espaço verde, na medida em que foram introduzidas leis que obrigam a que o terreno natural perdido pela existência dos edifícios seja compensado no corpo do edifício final.

Meios de Transporte Terrestres

Para além daquilo que se consideram como os terraços verdes imóveis, o país conta agora com terraços verdes móveis que se localizam em autocarros. O mais recente projeto Garden On The Move gerado pela GWS Living Art tem a finalidade de testar se é possível alterar a temperatura dentro dos autocarros e, consequentemente, reduzir as ilhas de calor sentidas nos centros urbanos.

Terminal de Aeoroporto

O aeroporto de Changi, em Singapura, considerado um dos maiores terminais mundiais, está entre um dos espaços verdes mais visitados do país. Este projeto de arquitetura baseia-se na instalação de uma cúpula de vidro recheada de espaços verdes, que conta com o que se estima ser uma das maiores cascatas sintéticas do planeta.

Estratégia e Incentivo

A iniciativa Rooftop Grenery não foi apenas pensada numa ótica sustentável. Na realidade, teve um grande peso da perspectiva económica do país, considerando a sua falta de espaço verde para a produção animal e alimentar.

Estudou-se e apresentaram-se as várias vantagens desta decisão. Entre elas está a redução da temperatura do ar; a retenção de água das chuvas e a redução do perigo de cheias; o aumento da biodiversidade, garantindo melhor qualidade do ar e menos chance de problemas respiratórios à população; o aumento da insonorização acústica experienciada; a maior eficiência energética através de energias renováveis; o aumento da produtividade local e a redução das taxas de importação.

Em 2020, William Chen – diretor do programa de ciência, tecnologia e alimentação da Universidade Técnica de Singapura – afirma que promover a “Agricultura Urbana” foi um dos mecanismos escolhidos para abafar o choque sentido durante a pandemia da queda das cadeias de abastecimento.

Terraços verdes simples e elaborados

Terraços Intensivos

Correspondem a espaços de elevada manutenção como parques e jardins. Aqui, iniciou-se a “Agricultura Urbana” onde existe uma maior seleção do tipo de plantas expostas considerando a profundidade do extrato e os fatores ambientais da altura do edifício.

Terraços Extensivos

São compostos por elementos verdes de baixa manutenção, não só no terraço, como na arquitetura vertical do edifício.

Fonte: Phys.org; Livingroofs.org

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!