SMART SUMMIT

Azores e-bike: mais um passo em direção à mobilidade elétrica  

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

A ilha Graciosa considerada modelo no âmbito das energias renováveis volta a destacar-se através sistema de bicicletas elétricas partilhadas. 

Projeto do Sistema de Bicicletas Elétricas Partilhadas

O regulamento do “Projeto do Regulamento Municipal do Sistema de Partilha de Bicicletas Elétricas de Santa Cruz da Graciosa” foi aprovado pelo executivo 11 de fevereiro de 2021. Posteriormente foi publicado em Diário da República n.º 41/2021, Série II de 2021-03-01, o Edital (extrato) n.º 257/2021, a 1 de março, seguindo para o período de consulta pública. E finalmente colocado em prática recentemente. 

A proposta insere-se num conjunto de políticas públicas que pretendem incentivar a utilização sustentável dos recursos naturais. Por isso, propõe-se uma alternativa aos meios de transportes tradicionais que reduzirá as emissões de gases poluentes e a poluição sonora. Também diminuirá a afluência e dependência de transportes movidos a combustíveis fosseis aumentando, assim a mobilidade. 

Como funciona? 

Como funciona o Sistema de Bicicletas Elétricas Partilhadas? 

O projeto Azores e- bikes inclui um conjunto de equipamentos destinados a permitir a utilização temporária das bicicletas elétricas de uso partilhado na autarquia. A fim de utilizar as bicicletas elétricas é necessário adquirir um cartão na Câmara Municipal próprio para o efeito. 

Neste momento existem três estações de carregamento e parqueamento localizados na freguesia de Santa Cruz: um à frente da Escola Básica e Secundária na Graciosa, um no aeroporto e outro perto da Câmara Municipal.  

Primeiro Feedback da Azores e-bikes

Azores e-bikes está em prática à relativamente à pouco tempo. De acordo, com dados divulgados pela Camara Municipal de Santa Cruz da Graciosa em 50 dias de utilização as bicicletas elétricas tiveram 55 utilizadores, 499 viagens, cerca de 2820,20 km percorridos. Isto equivale a menos 0, 30 toneladas de CO2 emitido no ecossistema. 

O futuro é cada vez mais elétrico 

A Ilha Modelo ganha este nome, porque tem vindo a insvestir na utilização sustentável dos seus recursos naturais e respetiva integração otimizada na rede. 

No caso da mobilidade elétrica, para além do sistema de bicicletas elétricas partilhadas, tem se assistido na ilha Graciosa: ao alargamento da rede de pontos de carregamentos para veículos elétricos; à implementação de incentivos à aquisição de veículos elétricos a táxis e rent-a-car, ao desenvolvimento de uma plataforma de gestão partilhada de frota de viaturas da administração pública e à introdução de transportes públicos elétricos. 

Fonte: RTP Açores 

Gostou deste artigo? Então poderá estar interessado em ler: Azores E-Rallye irá para as estradas nos dias 24 e 25 de junho

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!