SMART SUMMIT

FRICON prepara se para aumentar a sua produção  

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

A FRICON é uma empresa pioneira portuguesa no mercado português, no que diz respeito ao setor de refrigeração, a nível comercial e doméstico.  

A FRICON decidiu investir cerca de seis milhões de euros. Deste modo, permitiu melhorias, desde os processos produtivos otimizados, o aumento da capacidade de produção e até o incremento da qualidade dos equipamentos. Com efeito, a empresa de Vila do Conde irá duplicar a sua capacidade de produção para 200 equipamentos por dia.  

É importante salientar que cerca de 85% das vendas equivalem a exportações. Em consequência deste investimento trianual, conquistou mais dois mercados de exportação, sendo estes a Croácia e o Kosovo. Assim, a empresa conta com 118 parceiros espalhados pelo globo.  

 A presidente do conselho de administração da empresa, Isabel Azevedo, afirma que esse aumento de exportação advém da “crescente confiança e satisfação dos clientes com a marca”.  Contudo, os principais destinos que contribuem para as vendas da empresa são Portugal, Espanha, Colômbia, África do Sul, Reino Unido e Polónia.  

A FRICON em 2022 registou uma faturação no valor de 35 milhões de euros, um crescimento de 14%, em relação a 2021. Segundo a líder, este crescimento é consequência da resposta da empresa face às necessidades dos seus clientes. 

Quais os desafios identificados pela FRICON?

A empresa identificou alguns problemas relacionados ao retalho alimentar, no que diz respeito à performance e eficiência energética dos equipamentos de frio. Contudo, a FRICON teve o desafio de aliar os benefícios centrais aos benefícios estéticos dos equipamentos de frio.  

Quais os próximos passos da empresa?

A empresa participou da maior feira mundial de retalho, a  Euroshop, em Dusseldorf, na Alemanha. A FRICON apresentou a sua mais recente evolução de frio, o Upperdeck Full Vision (UPD FV). Este equipamento permite um incremento na otimização do espaço dos pontos de venda.  

Além disso, o UPD FV tem componentes plug in, resultando em uma maior eficiência energética. Assim, o equipamento poderá ser ligado a uma tomada comum. 

Outro fator positivo, consiste na possível combinação com os equipamentos disponíveis no ponto de venda.  Como este novo equipamento é composto por vidro, leva a que o consumidor tenha uma visibilidade completa dos produtos.  

Qual a vantagem do UPD FV no mercado?

Como o equipamento permite ao consumidor a totalidade da visibilidade dos produtos, poderá resultar no incremento das vendas por impulso. Outra vantagem insere se na capacidade de armazenamento, pois reduz o número de vezes para repor o stock. 

Já é possível adquirir o equipamento?

Segundo Isabel Azevedo o UPD FV “atraiu centenas de profissionais” na Euroshop. Deste modo, o equipamento já se encontra à venda, porém este ano irá ser lançada uma nova versão. Esta nova versão será lançada apenas com um design diferente, mas garantindo as mesmas características. 

Fonte: dinheiro vivo

Já leu o artigo sobre a tributação das vendas dos markteplace? Clique aqui para saber mais!

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!