SMART SUMMIT

LinkedIn é a tua forma de procurar emprego? Evita estes 10 erros! 

10 erros a evitar no LinkedIn
Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

O LinkedIn é, atualmente, uma das principais ferramentas online para procurar emprego. Contudo, por se tratar de uma rede essencialmente profissional tem algumas particularidades às quais deve estar atento, sob pena de comprometer a sua imagem junto das entidades empregadoras. Em suma, e a pensar nisto, elaboramos a erros a não cometer.

10 erros a evitar no LinkedIn

1. Não incluir fotografia ou colocar uma fotografia menos própria

Primeiramente, o objetivo de uma fotografia profissional, é, precisamente, mostrar que é um bom profissional e que está nesta rede para procurar emprego e não para promover a sua imagem ou mostrar a sua vida pessoal. Assim, fotografias na praia ou com roupas desportivas bem como de óculos de sol ou algo do género, certamente, não vão chamar a atenção de empregadores pelas melhores razões. 

2. Não adicionar links para sítios ou páginas de Internet

Incluir links que remetam para o seu sítio, blogue, visual CV, ou outro perfil online. Desta forma, as pessoas podem ter acesso a mais informação sobre si, que tipo de pessoa é e o que está a fazer. Em conclusão, tente personalizar o seu texto em vez de “my company”, “my personal blog”, entre outros.

3. Não personalizar o URL público do seu perfil

O seu URL deve conter, por exemplo, o seu nome, para uma identificação ou busca mais simples, por parte dos empregadores.

4. Não ter recomendações

Analogamente, para procurar emprego no LinkedIn, é muito importante ter recomendações de pessoais com quem teve oportunidade de partilhar os seus estudos ou algum trabalho, por exemplo. Deste modo, deve solicitar recomendações que possam reforçar o seu perfil e imagem junto de quem o segue. Idealmente, deve ter pelo menos cinco.

5. Não ter um título profissional atrativo ou que não clarifique a área de negócio ou especialização

Estudo comprovam que esta é a primeira coisa que os utilizadores vão ver no seu perfil. Assim, é fulcral que a designação que escolher seja apelativa, caso contrário, não irá captar a atenção das outras pessoais.

6. Não ter uma secção de resumo capaz de chamar a atenção e de o diferenciar

O principal objetivo é chamar a atenção das pessoas. “Quem sou? Porque posso fazer diferença na sua empresa? Porque me devem contratar?”. Escolha números grandes e nomes de marcas das suas empresas e clientes.

7. Não incluir os seus interesses nas informações adicionais na parte inferir do seu perfil

Deve falar brevemente sobre os seus interesses para as pessoas conhecerem um pouco melhor o seu lado pessoal. Por exemplo, indique os seus passatempos. Deste modo, poderá atrair alguém com as mesmas paixões!

8. Não ter um perfil forte para procurar emprego no LinkedIn

Após o perfil estar completo, o mesmo indica que as suas possibilidades de subir para o topo vão aumentar. Ou seja, fica a saber automaticamente a força do seu perfil no sentido de chamar a atenção de outros utilizadores. Para isso, deve sempre indicar no seu perfil:

  1. Fotografia; 
  1. Cargo atual; 
  1. Dois cargos anteriores; 
  1. Formação académica; 
  1. Resumo; 
  1. Competências e especialidades; 
  1. Três recomendações (mínimo).

9. Não fazer update do seu perfil com frequência

É essencial atualizar com regularidade o espaço “o que está a fazer?”. É igualmente importante atualizar as atividades na sua rede de contatos, mas sempre com critério. Caso contrário, poderá ser mal interpretado. 

Se possível, opte por usar uma plataforma para calendarizar as atualizações e acompanhar toda a sua atividade na rede. Dessa forma, faz uma melhor gestão da sua presença no LinkedIn. Analogamente, deve evitar uma exposição em demasia, sob pena de banalizar a sua pessoa ou aquilo que publica.

10. Não entrar ou escolher mal os grupos para procurar emprego no LinkedIn

Em conclusão, deve aderir a vários grupos dentro da sua área de negócio e tendo em conta os seus objetivos. Por exemplo, se procura emprego na área do “procurement” fará todo o sentido aderir a eventuais grupos dentro desta categoria bem como relacionados com a mesma. Por outro lado, publique artigos e informações, participe em discussões (saudáveis, claro) com utilidade para outros membros.

Fonte: Doutor Finanças

Gostou deste artigo? Se gosta da área de recursos humanos clique aqui para ler um artigo relacionado com o novo interesse pela semana de quatro dias!

bem como

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!