SMART SUMMIT

As mensagens emotivas dos anúncios de Natal e o Marketing

As mensagens emotivas dos anúncios de Natal e o Marketing
Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

O Natal é uma época mágica onde, além dos presentes, as mensagens emotivas dos anúncios de Natal capturam os corações de milhões ao redor do mundo. Esses anúncios, repletos de tradição, amor e conexão, procuram muito mais que a venda de produtos. As marcas querem marcar presença, tocar o público mostrando o seu lado mais humano, destacando o verdadeiro espírito natalício.

Coca-Cola e as emoções no Natal

Foi nos anos 30 que surgiu a imagem do Pai Natal vestido de vermelho, como parte de uma campanha de Natal da Coca-Cola. Apesar da ideia do Pai Natal de vermelho não ser original da Coca-Cola, esta mudança foi crucial para a preservação das cores que reconhecemos até hoje, já que antes desse anúncio, o Pai Natal era retratado de maneiras diversas, com diferentes roupas e cores. Ou seja, a adoção dessa imagem teve um impacto profundo na cultura popular e na percepção moderna do Pai Natal.

Em 1955, a Coca-Cola lançou um anúncio revolucionário na televisão, considerado um dos primeiros anúncios de Natal a passar na televisão e retratava a “necessidade de se refrescar com Coca-Cola depois de uma tradicional patinagem no gelo”. Apesar de não abundar ícones de Natal, foi dos primeiros a relacionar a emoção e a tradição ao produto, em vez de o tentar simplesmente vender.

O legado da Coca-Cola na construção da narrativa natalícia, é indiscutível. Além disso, o pioneirismo da Coca-Cola em criar esse vínculo emocional durante as festividades inspirou outras marcas a contar histórias autênticas durante o Natal.

Há até quem diga que “não estamos na época Natalícia até se conhecer o anúncio da Coca-Cola”.

John Lewis: a marca que cria histórias de Natal

A John Lewis é uma cadeia britânica de lojas de departamentos, fundada em 1864. Oferece uma ampla gama de produtos que vão de roupas e acessórios a eletrónicos, móveis e artigos para a casa.

A empresa é reconhecida pela qualidade dos produtos, o atendimento ao cliente e a experiência de compra. No entanto, os seus emocionantes anúncios de Natal são também um marco nesta época.

O primeiro anúncio de Natal a marcar presença da marca foi lançado em 2007 e chamava-se “A Sombra”. Desde então, todos os anos a John Lewis consegue surpreender com a sua habilidade singular de contar histórias emocionantes e envolventes. A marca transformou essa temporada festiva num momento para criar uma conexão profunda com seu público, recorrendo a narrativas que evocam emoções genuínas.

Cada campanha da John Lewis é uma jornada emocional: é frequente usarem animações encantadoras, personagens carismáticas e histórias cativantes. Ademais, estes anúncios não promovem a marca – despertam sentimentos, capturam a magia do Natal e transmitem uma mensagem universal de amor. Nesse sentido, as histórias são cuidadosamente elaboradas para deixarem uma mensagem duradoura que vai além do período festivo.

Além disso, a John Lewis utiliza trilhas sonoras poderosas que complementam a narrativa visual, intensificando as emoções transmitidas.

De que forma estas mensagens emotivas vão influenciar o marketing?

Marcas como Apple, Levi’s, Lidl e Macy’s, ou as portuguesas Vodafone, NOS e MEO, também adotam mensagens mais emotivas nos anúncios de Natal, cada uma trazendo sua própria perspectiva e histórias envolventes para a temporada festiva.

Uma das razões pelas quais os anúncios de Natal frequentemente adotam mensagens sentimentais é o desejo de criar laços emocionais com o público-alvo. Assim, não só impulsionam vendas, como fortalecem a identidade da marca, criam vínculos emocionais com os clientes e contribuem para a percepção positiva da empresa. Ou seja, os anúncios de Natal têm um impacto significativo no marketing das empresas.

Mas, mais concretamente, como fazem influenciam a estratégia da marca?

1. Fortalecimento da Identidade da Marca e conexão Emocional

Anúncios bem-sucedidos durante o Natal tendem a ganhar atenção significativa, aumentando a visibilidade e a conscientização sobre a marca, criando laços emocionais com o público. Para além disso, refletem também os valores da marca e a sua responsabilidade social, aprofundando a sua relação com os consumidores.

2. Impulsionamento das Vendas

Estrategicamente, estes anúncios têm o poder de impulsionar as vendas ao gerar sensação de urgência ou associar produtos a presentes ideais para a temporada.

3. Expansão do Engajamento nas Mídias Sociais

Anúncios natalícios bem-sucedidos tendem a gerar discussões e partilhas nas redes sociais, ampliando o alcance da marca e gerando interações positivas.

Não há dúvida de que os anúncios de Natal são muito mais do que simples anúncios sazonais – eles representam uma oportunidade de ouro para as marcas se conectarem com o público e de marcarem uma presença positiva. Ao contar histórias emotivas, celebrar valores familiares e transmitir a essência do espírito natalino, esses anúncios não só impulsionam o engajamento do público, mas também se tornam parte integrante das tradições festivas, deixando uma impressão duradoura na mente e no coração dos consumidores.

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!