SMART SUMMIT

Merchandising como elaborar uma estratégia de marketing

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

O “Merchandising” refere-se às atividades realizadas no ponto de venda com o objetivo de promover e aumentar as vendas de produtos ou serviços. Ainda mais, essas atividades visam atrair a atenção dos consumidores, destacar os produtos, criar uma experiência de compra atraente e impulsionar as vendas.

Envolve uma série de técnicas destinadas a maximizar a visibilidade e o apelo dos produtos ou serviços, contribuindo para impulsionar as vendas e promover a marca.

Ponto de Venda

O ponto de venda é um elemento crucial para a aplicação de estratégias de “Merchandising“. Trata-se do local físico ou virtual onde ocorre a transação de compra e venda entre o vendedor e o cliente. Em outras palavras, o “Merchandising” no ponto de venda visa otimizar essa interação, influenciando as decisões de compra dos consumidores.

Merchandising de Sedução

Além disso, este tipo de “Merchandising” visa o ambiente que rodeia o produto ou a marca, promovendo uma exploração dos sentidos, como por exemplo, o tato, o paladar, o olfato, a visão e a audição. Assim, as estratégias de merchandising de sedução utilizam o cheiro, a cor, a degustação, o som e diversos estímulos visuais para conquistar o cliente.

Merchandising Editorial

É uma abordagem multifacetada que busca não apenas vender livros ou outras formas de conteúdo, mas também construir uma marca forte e criar novas experiências que envolvam os leitores. Essas estratégias ajudam a maximizar o potencial de sucesso de produtos editoriais no mercado.

Aqui estão alguns aspetos comuns associados ao “Merchandising” editorial:

  • Exposição em pontos de venda;
  • Marketing visual;
  • Eventos e lançamentos;
  • Marketing digital;
  • Colaborações e parcerias;
  • Desenvolvimento de marcas editoriais.

Merchandising Visual

É uma ferramenta importante para criar uma experiência de compra positiva, influenciar o comportamento do consumidor e impulsionar as vendas no varejo. As práticas podem variar de acordo com o tipo de produto, o público-alvo e a estratégia geral da marca.

Ainda assim, esse conceito é fundamental para criar uma experiência de compra atraente e otimizar a apresentação de produtos.

Estratégias para atrair os clientes

O “Merchandising” pode ser uma ferramenta poderosa para atrair clientes e melhorar a experiência de compra. Aqui estão algumas estratégias específicas de “Merchandising” para atrair os clientes:

1. Definição do público-alvo;
2. Delimitação de objetivos;
3. Criação de estímulos direcionados;
4. Cuidar da imagem;
5. Calendarização de promoções;
6. Estimulação dos sentidos;
7. Utilização de tecnologia;
8. Focar no mais importante.

Conclusão

Em conclusão, o “Merchandising” emerge como uma peça-chave na estratégia de varejo, desempenhando um papel fundamental na atração, envolvimento e conversão de clientes. Ao adotar práticas visuais, sensoriais e estratégias de storytelling, as empresas conseguem criar experiências de compra memoráveis que transcendem a simples transação comercial.

No entanto, a flexibilidade do “Merchandising” permite a sua adaptação em diferentes contextos, seja em lojas físicas ou em ambientes digitais, ampliando o alcance e a eficácia dessa prática.

Por fim, a interseção entre a criatividade visual e a compreensão profunda do comportamento do consumidor torna o “Merchandising” uma ferramenta poderosa para criar uma identidade de marca envolvente, destacar produtos e proporcionar aos clientes uma jornada de compra significativa.

Fonte: Vendus

Gostas da área de Marketing? Então vais adorar ler este artigo da Smart Summit:  “Marketing Digital no Master.D”

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!