SMART SUMMIT

O que é o Benchmarking e para que serve?

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

O Benchmarking vem da palavra “benchmark“, que significa “avaliação comparativa“. Trata-se de uma ferramenta importante que serve para identificar as falhas da sua empresa e comparar com as outras concorrências, por exemplo, a qualidade dos seus produtos e os seus procedimentos empresariais. O seu objetivo principal é procurar as melhores práticas possíveis e arranjar outras maneiras de melhorar os processos do seu negócio.

Venha conhecer a ferramenta Benchmarking.
Autoria: Rui Botelho

Quais são os tipos de Benchmarking que existem?

  • Benchmarking interno: Esta área serve para comparar os diferentes tipos de departamentos ou as unidades dentro das empresas e ajudar a promover a colaboração das outras áreas;
  • Benchmarking competitivo: Esta área envolve concorrência, ou seja, comparar produtos, serviços, campanhas, vendas e estruturas organizacionais;
  • Benchmarking genérico: A organização compara o seu desempenho com as outras empresas de vários setores;
  • Benchmarking funcional: A ferramenta concentra-se em áreas de operações específicas como por exemplo, vendas, marketing, satisfação dos clientes, entre outras coisas;
  • Benchmarking de processo: Nesta área a ferramenta foca na melhoria dos processos operacionais, identificando várias maneiras de otimizar a eficiência, tentar reduzir os custos e melhorar a qualidade;
  • Benchmarking de desempenho: Serve para ajudar a definir as suas metas de melhoria e avaliar o seu desempenho geral.

Qual é a importância do Benchmarking?

É um recurso importante para a gestão de negócios e desempenha um papel fundamental para as empresas na busca pela excelência operacional, na adaptação às mudanças e na construção de vantagens competitivas, proporcionando uma base sólida para a tomada de decisões informadas e a melhoria contínua. A importância do Benchmarking é significativa e abrange alguns aspetos estratégicos e operacionais nas organizações.

Desvantagens sobre o Benchmarking

O Benchmarking apesar de ser uma ferramenta extremamente poderosa para promover a inovação das empresas, os empresários terão que enfrentar alguns “desafios e limitações“. 

Aqui estão algumas desvantagens:

  • Disponibilidade de dados;
  • Manutenção e acompanhamento;
  • Confidencialidade e concorrência;
  • Falta de contexto histórico;
  • Falta de entendimento interno;
  • Comparações mal realizadas que podem prejudicar a vida dos empreendedores.

Além disso, continua a ser um programa prestável para as organizações que desejam melhorar o seu desempenho e permanecer competitivas.

Portanto, é fundamental abordar essas limitações com “estratégias flexíveis e criativas” para obter o máximo benefício para o seu negócio evoluir e atrair mais clientes.

Conclusão

Por fim, para obter sucesso com esta ferramenta digital, as organizações terão que adotar uma abordagem cuidadosa e estratégica para não haver consequências dentro da sua empresa. É uma ótima plataforma para os empreendedores aprimorarem os seus negócios e alcançarem os seus objetivos de uma forma simples e eficaz. Por último, o Benchmarking não é apenas uma simples “técnica“, mas sim uma melhoria nos processos organizacionais.

Autoria: Rui Botelho

Fonte: Vendus

Gostas da área de Marketing? Então vais adorar ler este artigo da Smart Summit:  “Marketing de (e para) adultos”

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!