SMART SUMMIT

Snapchat e a sua versão paga! Como está a correr?

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Indíce

Snapchat, a rede social que Zuckerberg não conseguiu comprar, também conhecida por ser a aplicação de mensagens de tempo limitado normalmente com ao recurso das imagens algumas com filtros exclusivos, têm a sua versão paga.

Para além da versão original (e gratuita) da app existe ainda o Snapchat+. Por uma subscrição mensal, tem em contrapartida acesso antecipado ou exclusivo de ferramentas. Por exemplo, repetição de visualização das stories, ícones exclusivos, wallpapers e sons de notificação.

O seu serviço foi lançamento em junho de 2022 em dois meses já havia alcançado a marca de 1 milhão de utilizadores. Em novembro de 2023 tinha atingido mais do que o dobro do número de assinantes, chegando a 4 milhões de utilizadores, segundo informações da Axios.

Apesar da maioria manter a verão gratuita, as subscrições pagas duplicaram em seis meses. A boa relação serviço-preço pode justificar este acontecimento, visto que, a plataforma disponibiliza oito ferramentas por 3,99 dólares por mês. No entanto, acostumar o público a aderir redes sociais pagas, quando estão habituados a ter acesso gratuito a estas plataformas, continua a ser um desafio.

O Snapchat+ está disponível nos Estados Unidos da América, no Canadá, no Reino Unido, na França, na Alemanha, na Austrália, na Nova Zelândia, na Arábia Saudita e nos Emirados Árabes Unidos. Embora, a empresa não tenha anunciado uma data de lançamento para o Snapchat+ na União Europeia, anunciou que irá em expandir a versão paga para outros mercados futuramente.

Fonte: Marketeer e Mundo Conectado

Patrocinar Smart Summit

Ajude a fomentar o empreendedorismo nos Açores. Deixe o seu interesse e enviamos as condições para patrocinar o Smart Summit

Attendee Smart Summit Lagoa 2024

Não perca a oportunidade e participe no Smart Summit Lagoa 2024. Inscreva-se Gratuitamente!